Parabéns, Peixe.

romario-provoca-a-torcida-rival-apos-marcar-gol-pelo-flamengo-em-1997-1333055525598_1024x768Ontem foi aniversário do Romário, o gigante da pequena área e o post de hoje não poderia ser diferente. Ídolo? Não, não mesmo…bem longe disso até. Nunca ganhou nenhum título de expressão com o manto sagrado, mas vale a lembrança. Lembro de quando era mais novo e jogada futebol todo domingo, religiosamente, numa quadra perto de onde eu morava. Zico e Maradona são meus principais ídolos, mas na época o Romário era jogador do Flamengo. O cara era artilheiro, matador (aquele jogador que tá faltando no nosso elenco hoje em dia) e dentro da pequena área não tinha pra ninguém. Como esquecer daquele elástico que ele deu no Amaral, em 99, num Flamengo x Corinthians pelo Rio-São Paulo? Impossível. Deu saudade? Mate agora:

Vale lembrar que era matador, mas também era polêmico e preguiçoso. Tão preguiçoso que  o Tom Cavalcante gravou uma música imitando o Baixinho “…treinar pra quê se eu já sei o que fazer?…”. Não sabe que música é essa? Não sofra. Ouça aqui:

Pois bem. Antes de toda pelada eu assistia a uma fita que eu tinha com vários gols do Romário. Queria entrar no clima do futebol, me inspirar pra poder jogar bem….essa coisa toda de moleque. Claro que nunca adiantou de nada porque nunca fui atacante…sempre joguei como lateral (já falei isso aqui), mas era bom demais ver. Perdi a conta de quantas vezes eu assisti e rebobinei aquela fita…era realmente algo sensacional, bonito de ver.

Feliz aniversário atrasado, Peixe.

Com vocês: Romário, o rei do rio.

Parte 1:

Parte 2:

Parte 3:

Vamo que vamo.
SRN

Anúncios

Domingo reforçado

tresblogAmanhã quando o relógio bater 17h o Mais Amado estará encarando o calor de Bangu – O inferno na terra e entrará em campo pra enfrentar o Volta Redonda. A peleja é válida pela terceira rodada do Carioqueta, o campeonato climatizado pelo capeta. Se bem que nem sei o que é pior…se é o calor ou o campo, mas enfim.

No treino de ontem o Tio Dodô mostrou como será o time deste domingo e ficou claro que teremos um time reforçado. Ramon foi barrado e, sendo assim, João Paulo irá estrear na lateral esquerda. Isso é muito bom por dois motivos: 1- O time ganha vai ficar mais ofensivo pelo lado esquerdo, lado esse que tem sido pouco utilizado de forma positiva. 2- Ramon não vai estar no time. Quer coisa melhor que isso? Okay! Argumentarei: A ausência do Magal tatuado diminui absurdamente as jogadas sem propósito algum e a chance de terminarmos o jogo com um a menos. Melhorou?
Também contaremos com a estréia de Elias no lugar do Rodolfo, o que é outro ponto muito positivo. Não é nada, não é nada, mas temos a certeza de que a bola irá rolar mais e, consequentemente, iremos criar mais chances de gol. Rodolfo prende demais bola quase ao ponto de pegar e levar pra casa…e só. No jogo com o Madureira ele até teve um lapso de coletividade e deu aquele passe sensacional pro Ibson, mas parou aí.
Ibson é outro nome que figura a escalação titular. Se ele entrar jogando o que jogou contra o Quissamã e durante o primeiro tempo contra o Madureira…okay, mas se for o Ibson do ano passado, ou do segundo tempo contra o Madureira, aí teremos um problema bem sério podendo vir a prejudicar o time. Só nos resta esperar e torcer pra que ele jogue bem.

O ataque vai ser o mesmo das duas primeiras batalhas: Nixon Soneca, Chicharito Hernane e Rafinha, o Formiga Atômica. Assumo que não me empolgo muito com esse ataque. Até hoje não sei como o Nixon conseguiu vaga nesse time titular. Sério. Ainda mais usando a 10, a camisa usada pelo maior de todos. Acho que nosso ataque poderia ter o Hernane como homem de área e o Rafinha viria mais como homem de ligação, assim poderia aproveitar a qualidade e a velocidade do menino. Um esquema 4-2-3-1 seria bacana, eu acho. Pra não deixar o time muito vulnerável eu escalaria Cáceres e Amaral, lembrando que o Amaral tem mais velocidade que o paraguaio, podendo assim ajudar um pouco no apoio também.

O time do Dorival vai pro campo assim:

flamengovoltaredonda

Se eu fosse o treinador…montaria o time assim:

fla-volta-meuesquemaSim, coloquei o Ibson no meu time titular também e isso vai meio contra ao que tenho falado aqui, mas ele tem jogado bem esse ano (salvo aquele segundo tempo medíocre contra o Madureeeira laiá lailá). Renato Abreu e Luís Antônio também seriam uma opção pra essa vaga…então vocês estão livres pra tratar o Íbson como sendo um desses três. Eu faria alteração pro segundo tempo, mas isso dependeria muito do resultado do jogo…então prefiro nem falar sobre isso agora.

Bom, o importante é que amanhã é dia de vestir o manto, ligar a tv, sintonizar o rádio, preparar a cerveja e torcer, torcer muito. Amanhã é dia de ver se Elias e João Paulo vieram pra somar no campo ou subtrair no caixa. Tudo bem que vai ser a primeira chance dos dois, mas espero que aproveitem essa chance como se não houvesse amanha, como se fosse final de campeonato. Que entrem e façam a diferença.


Ontem saiu uma notícia falando que o Mattheus está sendo negociado com a Juventus da Itália. Nem ia comentar sobre isso hoje, mas comentarei É uma grande pena. Mesmo.
Mattheus é bom jogador. Lento, mas bom jogador, tem bom toque de bola e é mais de pensar nas jogadas. Gosto muito dele e acho que ele tem potencial pra chegar longe. É uma perda significativa….falando isso no médio e longo prazo. Só me resta desejar que o mini-Bebeto jogue bem por lá e que um dia volte com mais experiência pra Gávea. Aproveitando essa onda, deixo uma opinião: Acho que o Adryan poderia ser negociado por empréstimo de um ano – sem opção de compra – pra um time da segunda divisão do campeonato espanhol, alemão ou italiano. O moleque voltaria com mais experiência e, quem sabe assim, não mostre que ele é realmente tudo o que falaram no passado. Pra mim ele continua sendo supervalorizado demais, mas isso só o tempo irá dizer.

Bom…é isso.
Vamo que vamo.
SRN

Fim da novela

carlos_eduardo_770310109
Passamos os últimos dias ouvindo e lendo muita coisa sobre a contratação do Carlos Eduardo. Tínhamos Santos e Grêmio na briga pelo jogador, mas desistiram logo no começo e ficamos bem felizes com isso. Quanto menos gente brigando por um jogador, menos complicada será a negociação.
Como é de conhecimento geral, a Flunimed é um time sem personalidade e gosta de entrar na briga por jogadores que eles nem fazem idéia de quem são, mas querem comprar pra poder inflar o ego e tentar ser um time grande. Não adianta, galera da Série C. Nunca serão.
Há uns dias eu vi no site do Globo Esporte que o Carlos Eduardo já estava fechado com o Flamengo e que seria apresentado na última segunda-feira junto com o patrocínio da Peugeot. Hoje em dia eu não acredito em qualquer coisa que leio por aí…..só acredito quando sai no Flamengo.com.br. Com a nova diretoria o site oficial tem sido atualizado com muito mais frequência e isso é MUITO bom, traz mais credibilidade.

Pois bem. Hoje ele foi anunciado oficialmente ( http://flamengo.com.br/site/noticia/detalhe/17002/flamengo-contrata-carlos-eduardo ) como a mais nova contratação do mais amado. Ele vem pra ser o nosso camisa 10, aquela peça que tá faltando no nosso meio-campo, aquele que vai carregar o peso de usar o número eternizado pelo maior de todos e será também o responsável por nos livrar de ver o Nixon usando o número sagrado. Assumo que lembro pouco da passagem dele pelo Grêmio, mas vi alguns jogos dele pelo Rubin Kazan (sim, eu vejo campeonatos aleatórios enquanto estou atoa no trabalho) e posso dizer: É um jogador rápido, dribla bem, sabe chutar com as duas pernas, toca bem a bola e gosta de ir pra cima. Não é nenhum craque, nenhum gênio, mas é a vem pra ser titular e o principal nome na criação das jogadas. Acredito que agora as coisas vão mudar pra melhor e – pra mim – o esquema ideal é:
flamengocadu O que me deixa meio preocupado é o fato de ele ter passado 2011 sem jogar, voltou de lesão no ano passado e jogou pouco. Os últimos dois gols que o cara marcou foram em 2010. Cara…..2010.

Apesar de todo o leilão escroto que o Carlos Eduardo fez, eu desejo toda a sorte pra ele nessa passagem pelo mais amado. Que nos próximos 18 meses ele mostre que veio pra somar no campo e não apenas pra subtrair no caixa.

Só nos resta esperar e torcer pra que dê tudo certo.

E se você não sabe faz idéia de quem seja o cara, cá está um vídeo com algumas poucas jogadas e uns poucos gols do cidadão:

Bem vindo e boa sorte, Cadu.

Vamo que vamo.
SRN

Começou o carioqueta

Sábado, 17h, Engenhão – Zona Norte do RJ, sol e aquele calor esperto que rola por aqui durante o ano todo. O Mais Amado entrou em campo pra enfrentar o Quissamã, time da cidade homônima que fica lá pros lados de Macaé, e eu estava entrando em campo pra bater bola com meus amigos. A pelada dos Sem Perna e Pulmão FC é de lei…inadiável.
Joguei minha pelada, mas fiquei atento ouvindo o jogo pelo rádio durante o tempo em que eu ficava de fora. Pelo rádio o jogo tava bem emocionante e muito bom, mas nem quis ouvir muito, pois preferi esperar pra ver o VT quando chegasse em casa…. e também por saber que não estava tão bom assim. Não gosto de ver VT de jogo, mas achei que seria interessante pra poder fazer comentário mais sinceros sobre o mesmo sem depender de vídeos de ‘melhores momentos’ que mostram muito pouco ou quase nada. E cá estou eu.

Dorival armou mesmo aquele esquema 4-3-3 que tava sendo divulgado…e devo dizer: Até que não foi tão ruim. Também não foi bom, mas não foi tão ruim quanto eu achei que pudesse ser. Tudo bem que dava pra ter feito mais de dois gols nesse jogo, mas tá tranquilo.
Eu ia fazer avaliação individual de cada jogador aqui…dando notas e essa parada toda, mas vou deixar isso pra depois. Talvez role na próxima rodada. Talvez.

Renato Santos a.k.a. O Desarmador tomou conta da zaga e fez com que o Frauches jogasse razoavelmente bem, mas o que me surpreendeu hoje mesmo foi o Ibson. Sim, o Ibson. No último post eu falei que não gostava muito da idéia de manter ele no time titular, mas hoje até que ele não errou tanto. Não chegou a queimar minha língua, mas não foi tão mal quanto estamos acostumados. Deu uns passes sensacionais e ainda meteu aquele passe de calcanhar que resultou no segundo gol do Chicharito Hernane. É o Ibson 2008 voltando…só que não. Duvido muito que volte a jogar do jeito que jogava há cinco anos atrás, mas acredito que ele está reaprendendo o pouco que ele sabia sobre futebol…pelo menos no quesito ‘não errar passe de 2m’. Só nos resta dar um voto de confiança (o que não significa que devemos torcer pra que seja titular. Longe disso. Menino Rivotril é banco….fácil.) e torcer pra que dê tudo certo.
Rodolfo e Rafinha foram as novidades do dia. Bom, novidade pra quem nunca tinha visto os dois jogando no time de juniores. Rodolfo fez o de sempre: Prendeu a bola e não fez muita coisa relevante além do cruzamento pro primeiro gol. Já o Rafinha fez exatamente o que eu já estava esperando: Mostrou que pode dar trabalho no futuro, mas que ainda precisa de tempo pra se adaptar. Principalmente na parte física. É muito franzino, mas é rápido e joga bem. Espero que tenha mais chances no profissional…mesmo que entrando no meio/fim do segundo tempo.
Nixon meteu uma bola na trave…e só. Hernane jogou bem e fez os dois gols do jogo, mas ainda não passa a confiança necessária pra gente. Precisamos de alguém com mais confiança e bola pra compor nosso ataque e acredito que o Gabriel será esse cidadão. Pelo menos até a apresentação de um atacante com mais nome e qualidade.

Ramon. O que falar do Ramon? O cara foi expulso aos 45 minutos do segundo tempo de um jogo em que o time dele já estava ganhando por 2×0 e o time adversário não tinha colocado o goleiro pra trabalhar ainda. Sério. Acho que o Felipe fez umas três defesas no jogo todo. A expulsão do Ramon é um reforço e resulta na estréia forçada do João Paulo.

No geral o jogo hoje foi bom. Jogo pra garantir os primeiros três pontos da temporada e pra mostrar os pontos fracos do time. Ainda não temos um time forte e competitivo, mas acredito que o time pode evoluir muito no decorrer dos treinamentos, jogos e conforme novas contratações forem chegando. Espero que o Dorival aproveite o Mattheus e o Thomás no time principal. Gosto dos dois. Espero também que Elias e Gabriel entrem em campo logo pela primeira vez. Quero ver os dois em ação pelo mais amado pra saber se realmente vieram pra somar no campo ou só pra subtrair nas finanças do clube.

Quarta-feira é dia de jogo. 17h a bola irá rola no Conselheiro Galvão (Madureira) pra partida entre Mais Amado x Madureira, o Tricolor Suburbano. Pra essa partida eu acho que a formação ideal seria essa (lembrando que temos jogadores fazendo trabalho físico e que ainda não estão disponíveis) aproveitando a volta do Adryan e do Mattheus:

esquema-flaxmadureira1No segundo tempo eu tiraria o Adryan (vai estar cansado por não aguentar correr 90 minutos) e colocaria o Lucas pra testar o garoto. Rafinha iria pra posição do Adryan e Lucas ocuparia a vaga que era do Rafinha antes. Talvez Mattheus tivesse que ser substituído também, não sei, mas se tiver que ser…colocaria o Luis Antônio no lugar. Perderia um pouco de criatividade, mas ganharia um pouco mais de segurança na marcação e um pouco mais de velocidade, visto que o Mattheus cadencia mais o jogo. Ibson até que jogou bem nesse jogo com o Quissamã e até cheguei a pensar que ele poderia entrar no decorrer do jogo, mas não sei…é o Ibson, né.

Que na próxima quarta os guerreiros rubro-negros entrem em campo como se fosse final de campeonato. É jogo pra garantir três pontos e ficar tranquilo. Como eu disse antes aqui: Não precisamos de show…precisamos de gols. O que ganha jogo é gol e não caneta, lençol ou lambreta. Tem que jogar sério, fazendo o simples e criando o máximo de chances possível pra balançar a rede.

Ah! Só pra lembrar: Iranildo Xuxu e Jean estão no elenco do Madureira. Lembram deles, né?

Por hoje é só.
Vamo que vamo.

SRN

A bola vai rolar

flamengs

Depois de muita espera, finalmente começará a temporada 2013. Amanhã daremos o pontapé inicial no Campeonato Carioca 2013 e a pimeira batalha do mais amado será contra o Quissamã, um time pequeno lá dos lados de Macaé. Quissamã é o atual campeão da Série B do Cariocão e reza a lenda que o time é bem chato, mas disso eu não tenho certeza…não conheço. A verdade é que isso não importa…o importante é ganhar o jogo amanhã pra começar bem a temporada.

Dizem as más(?) línguas que o Dorival vai meter um esquema 4-3-3 com Amaral/Cáceres, Ibson e Rodolfo pelo meio e Hernane, Nixon e Rafinha na frente. Esse aqui:

Esquema-Dorival

Sei não, mas não gostei muito dessa idéia de manter o Ibson no time titular e fazer esse esquema com três atacantes. Acho que poderiam fazer um esquema diferente utilizando, por exemplo, o Thomás e o Cléber Santana, que por conta do condicionamento físico não estão relacionados pra esse jogo.
A saída do Love bagunçou com a cabeça da torcida e tá todo mundo meio doido, meio puto, mas eu não encanei não. Na verdade eu só encanei com a dispensa do Bottinelli. Podem falar o que quiserem, mas o cara é bom. Não rendia? Não, eu sei, mas tem um motivo pra isso: O cara só jogava fora da posição dele….e aí complica.
Bom, voltando…
Com o que a gente tem disponível no momento (vale lembrar que Elias e Gabriel ainda não estão disponíveis, mas com certeza chegaram pra assumir vaga de titular no time), meu esquema seria esse:
esquema-2

Já o Wallace…..bom, o Wallace eu não sei. Entrei em contato com alguns amigos corinthianos pra pegar informações sobre ele e a regra geral foi: Jogador mediano pra compor elenco. O Koelho (Acnoide) foi categórico ao dizer “reserva aqui, reserva aí”. Não duvido que a vinda dele seja pra ocupar o lugar deixado pelo Welinton (louvado sejam os Ramones por terem nos livrado desse mal), visto que nossa zaga atual até que tá bacana.

O que devemos fazer agora é torcer. Apoiar o time sempre e parar com essa palhaçada de cobrar coisa da diretoria que acabou de entrar no bonde. Estou gostando de ver a sobriedade e competência dessa galera.
Diretoria pé no chão querendo arrumar a casa. Se não dá pra pagar, assume e libera o jogador…não tem que ter vergonha disso. Vergonha é perder um dos principais jogadores pra um time da Série B, não ter plano de saúde e não ter água, né?
Outra coisa que tenho gostado de ver é a blindagem do clube com o vazamento de notícias e o fato de terem atualizado muito mais o site oficial. Fazia muito tempo que não via anúncio de contratação lá.

Bom, é isso.
Amanhã é dia de colocar o manto, ir pro Engenhão e torcer. Começar a temporada 2013 com o pé direito, com vitória. Não precisa de show, de espetáculo…precisa de vitória. O que ganha jogo é gol e não caneta, lençol e lambreta.

Vamo que vamo.
SRN