Flamengo x Bolívar – Libertadores2014

FlamengoBolivar
Quarta-feira, Maracanã com a torcida em peso fazendo uma linda festa, um time morto dentro de campo e um juiz sem noção. Assim foi a segunda partida do Flamengo no Maraca pela Libertadores 2014. Primeiro tempo apagado e sem muitas emoções….a não ser raiva ao ver que era proibido marcar faltas para o Flamengo. Juiz chileno, né…fazer o que?
Fazia tempo que não via um time tão apagado. Não falo de todos, mas eu mudaria meio time. Éverton, Cáceres e Samir se salvaram de críticas. Felipe não teve tanta culpa nos gols, mas os outros eu não posso defender. Elano não entrou em campo, Wallace fez cagada, Hernane nada fez, Muralha fez o de sempre, Léo vacilou um bocado e João Paulo….bom, o João Paulo só fez merda como sempre.
Quando o segundo tempo começou deu pra ver que o Bolívar tinha gostado do jogo e ia partir pra cima. E quem não partiria? Time jogando fora de casa e vendo que o time da casa tava morto….até meu time do bairro aqui partiria pra cima.

Não adianta nada ter vontade se essa vontade é a mesma que eu tenho de trabalhar de ressaca numa segunda-feira de manhã. Isso não ajuda nada. E não ajudou mesmo.
Fora a cera que o time lá da terra da coca sabe fazer cera, mas isso é Libertadores e temos que nos acostumar. O que não consigo me acostumar é com os árbitros liberando cera pra uns e punindo outros. Isso é inaceitável….assim como a postura do Flamengo durante todo o jogo.

Podem falar o que quiser, mas eu acho que o Hernane tinha que amargar um banco. Faz um tempo já que não rende nada e o Lelecsandro tem feito muito mais no pouco tempo que joga. Tá na hora de dar uma chance de titular pra ele. E pelamordeZico: Precisamos de um lateral-esquerdo reserva. André Santos até marca mal, mas nada se compara ao João Paulo. Fala sério. Que lateral é esse que não sabe correr, marcar e nem cruzar? No meu tempo quem não sabia isso não passava nem na peneira. E tenho uma dúvida martelando na minha cabeça há um tempão já: POR QUE CARGAS D’ÁGUA UM LATERAL QUE NÃO SABE CRUZAR VAI BATER FALTA? PQ??? HEIN? ALGUÉM EXPLICA?

Agora é torcer pra não fazer vergonha fora de casa, mas já aviso: Podem colocar essa liberta na conta do João Paulo.
Vergonha. Vergonha.

Ah! E antes que eu esqueça. Duas coisas:

1 – FairPlay é o cacete. FairPlay só é legal quando o time tá ganhando. Só.
2 – O perfil oficial do Flamengo no twitter só fez cagada ontem. Caguei pro #CamaroteTVFLA. Caguei. Tá bom de parar de pagar pau pra famoso e começar a dar moral pra quem pagou (e caro) pra estar lá no Maracanã. Vergonhoso, hein? Vergonhoso. Conseguiu ser pior que o time em campo. Ou não. Sei lá. Tudo ruim.

Enfim…
SRN

Duelo rubro-negro

rubronegros
<nivinha mode: on> FAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAALA NAÇÃO RUBRO-NEGRA!!! <nivinha mode: off>

E hoje é diiiia…da alegriiiiia. (8). Não, pera. Calma.
Hoje é dia de encarar os primeiros 90 minutos da decisão da ULTIMATE BRAZILIAN CUP, também conhecida como Copa do Brasil. Um torneiozinho mequetrefe que dá vaga na Copa Bridgestone Libertadores. Sim…torneiozinho mequetrefe que todo mundo (menos o Botafogo) tem. Pasmem: Até o Juventude e o Paulista tem. Enfim…

Mesmo não sendo um campeonato pra lá de emocionante ele é melhor que o Brasileirão nesse formato muquirana de pontos corridos onde conhecemos o campeão com 4, 5 rodadas antes de antecedência. Assim não tem graça, maaaas….temos que ganhar pra salvar 2013. Sim, sim, caros gafanhotos. A Copa do Brasil é obrigação, mas calma lá. Nos atentemos aos fatos e tenhamos pés no chão. Nosso elenco tá aquém do nível do Flamengo, tá aquém do nível da nossa história e tradição, mas se é o que temos….bora apoiar que é o que nos resta.

O Atlético-PR é um time chato pra cacete e não é atoa que tá na final e, além disso, disputando vaga na Liberta no Brasileirão. Temos que ter cuidado. O time é bem montado e conta com o Paulo Baier, um zé ruela que sempre nos deu dor de cabeça. Sem contar com o fato de que nós, infelizmente, sofremos do grande mal de ter problemas com times do sul…principalmente do Paraná. Vai entender o pq, né….mas a vida é assim.

Que o time entre com sangue nuzóio pra garantir um bom resultado…nada de jogar como jogou contra os Bambis. Quero ver o Mengão em campo pra devolver aquele placar do jogo no Brasileirão e conto com a torcida apoiando. E é sobre a torcida que falarei agora: Meus amigos…parabéns. Mesmo com um ingresso nível barra de ouro – aquele que vale mais que dinheiro – a torcida tá mostrando que o amor pelo Flamengo vai além do bolso e vai lá apoiar. Como é longe eu não vou, mas dia 27 o jogo é no Maraca e eu não vou também porque sou duro, mas estarei lá de coração.

Apesar do otimismo, sei que o jogo vai ser complicado e a tensão já toma conta de mim desde que nos classificamos. Fiquei mais tenso ainda ao ver o sorteio da arbitragem. Sabem quem vai apitar o jogo de volta? Não? Então preparem o coração porque será o Sr. Leandro Pedro Vuaden. Sim, ele mesmo. Mas hoje será o PC Oliveira…o que não melhora muito, mas pelo menos esse não me faz temer tanto.

Falemos da escalação. Reza a lenda de que Felipe tá pronto pra jogar e isso é uma ótima coisa. Apesar de ser mão-de-pau o cara me dá mais segurança que o PV braço de jacaré. Porque? Vos digo o porque: Melhor o cara rebater todas as bolas que não esticar o braço e tomar gols que até meu sobrinho de dois anos evitaria.
Além da volta do Felipe os jornais noticiam que é capaz de o Pep Jaymeola escalar o time com três zagueiros. Não acho que seja uma coisa tão boa não, mas desse jeito pode ser que o Cadu-Cone não jogue….aí eu passo a achar que essa é a melhor escalação do mundo. Melhor entrar em campo com três zagueiros que com um jogador a menos, certo? Torço também para que Gabriel e Bruninho não entrem em campo. E fica aqui uma dúvida: Será que no contrato do Cadu e do Gabriel tem uma cláusula sobre quantidade de partidas a jogar? É, porque só isso explica o motivo de eles sempre jogarem. Podem me crucificar, mas acharia mil vezes melhor ver o Negueba e o Matheus que esses dois. BenzaZico.

Enfim…

Hoje é dia. Bora colocar o manto, abrir aquela cerveja ishperta e rezar para que o resultado seja bom pra gente nesses primeiros 90 minutos da decisão. Sim, rezemos. Com esse elenco aí a gente tem que rezar mais que torcer.

Vamo que vamo.

SRN

ps.: Não acredito que algum rubro-negro possa vir a não conhecer a Nivinha, mas vai que, né? Digo apenas uma coisa pro caso de alguém não conhecer: Não perca mais tempo e assista aqui aos vídeos da rubro-negra mais carismática de toda interwebs: http://www.youtube.com/nivinhafla

Parabéns, Peixe.

romario-provoca-a-torcida-rival-apos-marcar-gol-pelo-flamengo-em-1997-1333055525598_1024x768Ontem foi aniversário do Romário, o gigante da pequena área e o post de hoje não poderia ser diferente. Ídolo? Não, não mesmo…bem longe disso até. Nunca ganhou nenhum título de expressão com o manto sagrado, mas vale a lembrança. Lembro de quando era mais novo e jogada futebol todo domingo, religiosamente, numa quadra perto de onde eu morava. Zico e Maradona são meus principais ídolos, mas na época o Romário era jogador do Flamengo. O cara era artilheiro, matador (aquele jogador que tá faltando no nosso elenco hoje em dia) e dentro da pequena área não tinha pra ninguém. Como esquecer daquele elástico que ele deu no Amaral, em 99, num Flamengo x Corinthians pelo Rio-São Paulo? Impossível. Deu saudade? Mate agora:

Vale lembrar que era matador, mas também era polêmico e preguiçoso. Tão preguiçoso que  o Tom Cavalcante gravou uma música imitando o Baixinho “…treinar pra quê se eu já sei o que fazer?…”. Não sabe que música é essa? Não sofra. Ouça aqui:

Pois bem. Antes de toda pelada eu assistia a uma fita que eu tinha com vários gols do Romário. Queria entrar no clima do futebol, me inspirar pra poder jogar bem….essa coisa toda de moleque. Claro que nunca adiantou de nada porque nunca fui atacante…sempre joguei como lateral (já falei isso aqui), mas era bom demais ver. Perdi a conta de quantas vezes eu assisti e rebobinei aquela fita…era realmente algo sensacional, bonito de ver.

Feliz aniversário atrasado, Peixe.

Com vocês: Romário, o rei do rio.

Parte 1:

Parte 2:

Parte 3:

Vamo que vamo.
SRN