Flamengo x Bolívar – Libertadores2014

FlamengoBolivar
Quarta-feira, Maracanã com a torcida em peso fazendo uma linda festa, um time morto dentro de campo e um juiz sem noção. Assim foi a segunda partida do Flamengo no Maraca pela Libertadores 2014. Primeiro tempo apagado e sem muitas emoções….a não ser raiva ao ver que era proibido marcar faltas para o Flamengo. Juiz chileno, né…fazer o que?
Fazia tempo que não via um time tão apagado. Não falo de todos, mas eu mudaria meio time. Éverton, Cáceres e Samir se salvaram de críticas. Felipe não teve tanta culpa nos gols, mas os outros eu não posso defender. Elano não entrou em campo, Wallace fez cagada, Hernane nada fez, Muralha fez o de sempre, Léo vacilou um bocado e João Paulo….bom, o João Paulo só fez merda como sempre.
Quando o segundo tempo começou deu pra ver que o Bolívar tinha gostado do jogo e ia partir pra cima. E quem não partiria? Time jogando fora de casa e vendo que o time da casa tava morto….até meu time do bairro aqui partiria pra cima.

Não adianta nada ter vontade se essa vontade é a mesma que eu tenho de trabalhar de ressaca numa segunda-feira de manhã. Isso não ajuda nada. E não ajudou mesmo.
Fora a cera que o time lá da terra da coca sabe fazer cera, mas isso é Libertadores e temos que nos acostumar. O que não consigo me acostumar é com os árbitros liberando cera pra uns e punindo outros. Isso é inaceitável….assim como a postura do Flamengo durante todo o jogo.

Podem falar o que quiser, mas eu acho que o Hernane tinha que amargar um banco. Faz um tempo já que não rende nada e o Lelecsandro tem feito muito mais no pouco tempo que joga. Tá na hora de dar uma chance de titular pra ele. E pelamordeZico: Precisamos de um lateral-esquerdo reserva. André Santos até marca mal, mas nada se compara ao João Paulo. Fala sério. Que lateral é esse que não sabe correr, marcar e nem cruzar? No meu tempo quem não sabia isso não passava nem na peneira. E tenho uma dúvida martelando na minha cabeça há um tempão já: POR QUE CARGAS D’ÁGUA UM LATERAL QUE NÃO SABE CRUZAR VAI BATER FALTA? PQ??? HEIN? ALGUÉM EXPLICA?

Agora é torcer pra não fazer vergonha fora de casa, mas já aviso: Podem colocar essa liberta na conta do João Paulo.
Vergonha. Vergonha.

Ah! E antes que eu esqueça. Duas coisas:

1 – FairPlay é o cacete. FairPlay só é legal quando o time tá ganhando. Só.
2 – O perfil oficial do Flamengo no twitter só fez cagada ontem. Caguei pro #CamaroteTVFLA. Caguei. Tá bom de parar de pagar pau pra famoso e começar a dar moral pra quem pagou (e caro) pra estar lá no Maracanã. Vergonhoso, hein? Vergonhoso. Conseguiu ser pior que o time em campo. Ou não. Sei lá. Tudo ruim.

Enfim…
SRN

Presente que me dei + Campanha #AutografaZico

2013 é o ano de número 60 em que temos nosso Messias em terra. Dia 03/03 é o natal Rubro-Negro e toda a torcida já foi convocada pra colocar a bandeira na janela e o Manto Sagrado e fazer desse dia o dia do “Mundo Rubro-Negro”.
As festividades pra comemoração do aniversário do Maior de Todos já foram iniciadas e, a cada dia que passa, mais e mais eventos estão sendo feitos e ações sendo organizadas. Tudo muito justo e merecido. Zico merece tudo e mais um pouco.
Dia 03 será o dia também em que a Gávea irá – finalmente – receber o que falta lá há muitos e muitos anos: Uma estátua do Zico. Mal posso esperar pra ver pronta.

Meu aniversário foi quinta-feira dia 07/02….quase um mês antes do aniversário do Galinho. Porque estou falando isso? Vamos lá.
Resolvi me dar um presente de aniversário e resolvi que esse presente seria uma homenagem ao nosso eterno Galo de Quintino. E eu, adepto da arte na pele, faria o que? Uma tatuagem, claro. Quer dizer… A tatuagem, claro.
Eternizar o Galinho em versão caricatura foi um baita presente e hoje é, sem dúvida alguma, minha tatuagem preferida, mas ela está incompleta…falta um detalhe MUITO importante pra mim, pra completar esse presente um tanto quanto especial: Um autógrafo do Zico. Sim. Minha idéia é conseguir com que o Galinho dê um autógrafo no meu braço ao lado do desenho pra eu poder tatuar ele também. Já pensei em entrar em contato via Assessoria de Imprensa, mas não tenho o contato deles. Como sei que as redes sociais são uma força bem poderosa, pensei ‘E se eu fizer uma campanha…será que a galera ajuda?’….e então cá estou eu lançando a campanha #AutografaZico.

Gostaria muito de contar com a ajuda de todos. Leitores, não leitores, Rubro-Negros, não Rubro-Negros. Sério. É muito importante que todos façam a sua parte e ajudem a compartilhar a mensagem, a idéia pra, quem sabe, ela chegar ao encontro do grande Zico e eu poder realizar o sonho de infância de poder encontrar com o cara, passar uns segundos ao lado dele e ganhar um autógrafo pra eternizar ao lado da minha tatuagem em homenagem a ele. Eaí? Que tal ajudar?

Está lançada a campanha. Vamos lá, galera. Compartilhem no Twitter, Facebook, Orkut e toda e qualquer rede social.
#AutografaZico

123Meu twitter: @baketa
Meu facebook: Bruno Baketa

SRN

4 na quarta

flafri-Ontem o Mais Amado entrou em campo pra mais uma batalha pelo Carioqueta. O oponente da vez foi o Friburguense, time que deu um trabalho danado pras meninas das Laranjeiras, mas que com a gente não aprontou nada. Também pudera, né? Quem quer bater de frente com time grande? Pois bem…

O jogo já começou corrido, time mostrando que entrou com vontade, entrou querendo ganhar e garantir mais três pontos e a confiança da galera. E conseguiu.
Chicharito Hernane já começou o jogo dando o cartão de visitas dele. Dois, na verdade. O primeiro numa jogada de escanteio que ele acabou se dando bem e, ouso dizer que, roubou um gol do Wallace. Seria Hernane o Atilheiro Ladrão de Gols? ahhaha
O segundo foi numa linda jogada do Rafinha, o Formiga Atômica. O time podia ter feito mais um, mas o Nixon deu uma de fominha, prendeu a bola e quis bater. Bateu torto e ainda se machucou e teve que sair do campo pra entrada do Adryan que, por algum milagre, ontem conseguiu jogar direitinho. Deu um passe sensacional pro Ibson no segundo tempo que benzadeus…não entrou por sorte do goleiro.

Terceiro gol saiu de uma jogada do Ibson que deu um lindo passe pro Lionel Rafinha encobrir o goleiro adversário. Golaco, coisa linda de se ver. O moleque tava com Gameshark ontem…sério. Vale o adendo: Ontem o Ibson me surpreendeu e jogou demais. To voltando a gostar do cara e quase me sentindo seguro em parar de reclamar dele. Ele tá merecendo essa moral.
Ainda deu tempo de o Lionel Rafinha fazer uma jogadaça e deixar o Zinedine Santana de cara pro gol. Resultado? Gol. 4×0.

Na boa? Fazia muito tempo que não via meu Flamengo jogando assim, com vontade, marcando ainda no campo adversário e sem se acomodar com o resultado. Jogo tava 4×0 e a galera ainda tava marcando duro e partindo pra cima em busca de mais gols. Isso sim é respeitar o adversário.

Foi um belo jogo, linda vitória e um presentão de aniversário pra esse que vos escreve. Agora teremos 10 dias pra pegar os chorões da General Severiano. Reza a lenda que o menino Gabriel pode estrear. Só nos resta esperar pra ver.

Vamo que vamo.

SRN

Hoje tem

pracima2E hoje teremos o Mengão em campo mais uma vez e a batalha é contra o Friburguense, lá em Macaé.
O time de Friburgo tá com um time chato e a gente precisa entrar nesse jogo como entrou no jogo contra os Suicidas da Marquise: Com sangue nos olhos. Tem que entrar pra ganhar, jogar sério e com vontade.

Hoje o time tem duas baixas: Cáceres e González foram convocados e vão desfalcar nosso time hoje. No lugar do González é certo que vai entrar o Renato Santos pra fazer dupla com o Wallace (que eu espero que jogue melhor do que jogou na estréia contra o Nova Iguaçu), mas no lugar do Cáceres o Dorival não sabe se escala o Amaral ou o Airton. Bom, eu escalaria o Amaral. Colocar o Airton no jogo é pedir pra correr o risco de terminar a partida com um a menos…principalmente por ele estar sem ritmo de jogo.
O esquema de hoje deve ser esse:
flafriJá tivemos a prova de que esse é o esquema do Dorival e ele não vai mudar nem tão cedo – isso se mudar – e até agora tá funcionando, então tá beleza. Mais uma chance pro Ibson mostrar que pode voltar a jogar o que sabe. Nesse jogo eu queria ver o Rodolfo entrar no lugar do Nixon pro segundo tempo. Moleque tem entrado bem e já tá aprendendo a soltar a bola.
Espero que o Dorival não cometa o erro de colocar o Thomas em campo de novo. Ele não tem entrado bem e a galera já tá sem paciência com os erros bobos que ele comete e já tá começando a pegar no pé. Renato Abreu é um que, talvez, possa entrar. Vamos ver.

Vamos lá, Nação. Dia de vestir o manto e torcer por mais uma vitória do Mais Amado.

PRA CIMA DELES, MENGÃO!
Vamo que vamo.

SRN

Filme do dia, do mês, do ano…da vida.

Zico - O Filme capaO Natal Rubro-Negro está se aproximando (faltam 28 dias) e teremos várias comemorações especiais incluindo estátua do Maior de Todos lá na Gávea. Sim, uma estátua em tamanho real. Demorou muito, mas finalmente o Galinho vai ser homenageado da maneira correta. Mal posso esperar pra ver pronta.

Pois bem. Hoje acordei com vontade de ver um filme, aquele filme que todo Rubro-Negro tinha que ver – pelo menos – uma vez a cada dois dias. Zico é mais que um jogador, que um ídolo. Zico é rei, o maior de todos. Um exemplo. Zico é eterno e deveria ser um sinônimo de qualidade. As pessoas deveriam ser mais Zico.

Hoje não vou escrever muito porque o post sobre o Galinho vai ser dia 3/3, claro.

Deixo vocês com o filme do Maior de Todos.

Zico, o Filme.

SRN

Clássico dos Milhões

pracimaHoje é dia de jogo, dia Clássico dos Milhões e eu vos pergunto: COMO que a FERJ coloca um clássico desse porte às 19h30 de uma quinta-feira? Só podem estar de sacanagem com o torcedor. Essa galera tem que entender que clássico não pode ser nesse horário porque o transporte público carioca não funciona. Um dos principais meio de se chegar até o Engenhão é o trem, mas se o trem já não funciona normalmente…quem dirá em dia de clássico na hora do rush. Mas enfim…vai entender.

Independente do número de presentes na arquibancada – o que deve ser bem pouco -, hoje é dia de encontrar nosso maior freguês rival, dia de o time inteiro jogar bem….até o Ibson.
Vi que o Dorival ainda não confirmou a escalação pro jogo de hoje, mas dizem que a formação do time vai ser essa:
flavas
Entre Ibson e Cléber Santana? Eu iria de Ibson, mas aquele Ibson da primeira rodada e primeiro tempo contra o Madureira laiá laiááá e não aquele do ano passado inteiro e do último jogo contra o Peñarol do Sul do RJ. Se o Cléber Santana entrar a gente vai ter mais qualidade no passe e isso é inegável, mas acho que a gente perde um pouco na marcação por ele ser meio lento. Outras boas alternativas seriam a entrada do Luis Antônio ou do Renato Abreu.
Mais uma vez teremos que aturar o Nixon no ataque titular. Não dá…Nixon não dá. Sério. Inaceitável ver esse moleque usando o manto sagrado. Colocaria o Thomás, Adryan ou um cone no lugar dele, mas Nixon não rola.

Meu esquema seria aquele que disse que armaria no jogo contra o Volta Redonda. Amaral e Cáceres como volantes pra dar uma boa segurança e Elias e Ibson/Luis/Renato abertos pelas pontas. Rafinha Formiga Atômica vindo pelo meio como homem de ligação pra explorar a velocidade, Hernane dentro da área e Nixon vendendo pipoca na arquibancada.
Nossa zaga com Renato Desarmador e Gonzalez tá me dando segurança, mas aí temos o Léo Moura na lateral, ou seja, teremos um buraco pelo lado direito e prevejo muitas bolas nas costas do Léo. Acho que ele tem que ir logo pro meio do campo por não ter mais perna e pulmão pra subir e voltar o jogo todo. Ou então que vá só até o meio-campo…..e aí a gente teria que montar um esquema tático com um ponta aberto pela direita. Na esquerda nem seria necessário porque o João Paulo sobe e volta bem apesar de ter tomado umas bolas nas costas no último domingo. Tomara que o Dorival tenha resolvido isso.
Elias disse que gosta de clássicos e que se dá bem em partidas assim. Será que é hoje que ele faz o primeiro gol dele com o Manto Sagrado? Vamos ver..tô na torcida.

É isso, Nação. Hoje é dia de colocar o manto e cantar pro mundo inteiro a alegria de ser Rubro-Negro. Jantemos bacalhau.

E se o Vasco se comportar bem e nenhum vascaíno tentar se jogar da marquise…quem sabe a gente não deixa eles tomarem um pouco da nossa água, né?

SRN

Parabéns, Peixe.

romario-provoca-a-torcida-rival-apos-marcar-gol-pelo-flamengo-em-1997-1333055525598_1024x768Ontem foi aniversário do Romário, o gigante da pequena área e o post de hoje não poderia ser diferente. Ídolo? Não, não mesmo…bem longe disso até. Nunca ganhou nenhum título de expressão com o manto sagrado, mas vale a lembrança. Lembro de quando era mais novo e jogada futebol todo domingo, religiosamente, numa quadra perto de onde eu morava. Zico e Maradona são meus principais ídolos, mas na época o Romário era jogador do Flamengo. O cara era artilheiro, matador (aquele jogador que tá faltando no nosso elenco hoje em dia) e dentro da pequena área não tinha pra ninguém. Como esquecer daquele elástico que ele deu no Amaral, em 99, num Flamengo x Corinthians pelo Rio-São Paulo? Impossível. Deu saudade? Mate agora:

Vale lembrar que era matador, mas também era polêmico e preguiçoso. Tão preguiçoso que  o Tom Cavalcante gravou uma música imitando o Baixinho “…treinar pra quê se eu já sei o que fazer?…”. Não sabe que música é essa? Não sofra. Ouça aqui:

Pois bem. Antes de toda pelada eu assistia a uma fita que eu tinha com vários gols do Romário. Queria entrar no clima do futebol, me inspirar pra poder jogar bem….essa coisa toda de moleque. Claro que nunca adiantou de nada porque nunca fui atacante…sempre joguei como lateral (já falei isso aqui), mas era bom demais ver. Perdi a conta de quantas vezes eu assisti e rebobinei aquela fita…era realmente algo sensacional, bonito de ver.

Feliz aniversário atrasado, Peixe.

Com vocês: Romário, o rei do rio.

Parte 1:

Parte 2:

Parte 3:

Vamo que vamo.
SRN